Preços de imóveis residenciais caem 0,32% no ano até novembro, diz FipeZap

Perto do fechamento do ano, os preços dos imóveis residenciais no país ficaram praticamente estáveis em novembro, acumulando queda no ano de 0,32%, o que, considerando uma inflação pelo IPCA de 3,76%, representa uma perda real de 3,94%. Os cálculos levam em conta o Índice FipeZap – que monitora o comportamento do preço de venda de imóveis residenciais em 20 cidades brasileiras.

O índice encerrou novembro praticamente estável, com variação de +0,06% em relação a outubro. Segundo o Boletim Focus do Banco Central, a inflação esperada para o mês é de -0,06%, considerando o IPCA do IBGE. No acumulado do ano, o preço dos imóveis recuou 0,32% em termos nominais, o que corresponde a uma queda real de 3,94%, considerando a inflação acumulada de 3.76% no período. Nos últimos 12 meses, o Índice FipeZap aponta recuo nominal de 0,31% no preço médio de venda de imóveis residenciais. Considerando a inflação,o Índice FipeZap acumula queda real de 4,35% nos últimos 12 meses.

Neste mês, 10 das 20 cidades monitoradas pela FipeZap registraram aumento mensal de preço igual ou superior a +0,10%, com as altas mais expressivas observadas em: Curitiba (+1,72%), Florianópolis (+0,65%) e Contagem (+0,53%). Já entre as 5 cidades monitoradas que apresentaram variação nominal do preço anunciado igual ou inferior a -0,10% em novembro, as quedas mais expressivas foram notadas em: Niterói (-0,49%), Recife (-0,34%) e Rio de Janeiro (-0,33%).

Fonte: exame

você também pode gostar

Comentários estão fechados.